Início Plano de Saúde Segmentações assistenciais: o que são e como funcionam?

Segmentações assistenciais: o que são e como funcionam?

Autor

Data

Categoria

Os planos de saúde são divididos em categorias baseadas no tipo de cobertura que oferecem. A lista do que o beneficiário terá direito em cada uma delas está prevista na legislação de saúde suplementar e deve estar expressa no contrato firmado com a operadora.

Essa segmentação assistencial de plano de saúde é composta por cinco modalidades, que podem ser contratadas isoladamente ou de forma combinada: ambulatorial, hospitalar, obstetrícia, referência e odontológica. Saiba mais sobre cada segmento e veja como escolher o mais adequado às suas necessidades.

Neste conteúdo, vamos falar sobre:

  1. Conheça as diferentes categorias da segmentação assistencial de plano de saúde
    1. Plano de saúde ambulatorial
    2. Plano de saúde hospitalar
    3. Plano de saúde com obstetrícia
    4. Plano de saúde referência 
    5. Plano de saúde odontológico
  2. Como escolher a melhor segmentação assistencial para as minhas necessidades?
  3. Procurando plano de saúde? Vem pra Sami

Conheça as diferentes categorias de segmentações assistenciais de plano de saúde

Abaixo, descrevemos como cada tipo de plano funciona. Importante: em todas essas coberturas aplicam-se as devidas carências e, em caso de lesões e doenças pré-existentes, a aplicação de Cobertura Parcial Temporária.

Plano de saúde ambulatorial

O plano de saúde ambulatorial engloba consultas médicas, exames e tratamentos realizados em clínicas ou consultórios, bem como procedimentos feitos em ambulatório. Nestes contratos, o beneficiário não tem direito à internação.

Entre os atendimentos médicos cobertos pelo plano de saúde ambulatorial estão: 

  • Consultas em clínicas ou consultórios – em número ilimitado, em todas as especialidades médicas;
  • Consultas obstétricas de pré-natal – também em número ilimitado;
  • Exames diagnósticos e tratamentos – são os realizados em ambulatório ou consultório;
  • Cirurgias ambulatoriais – dá direito mesmo em ambulatórios de hospital, desde que não sejam consideradas como internação;
  • Procedimentos ambulatoriais que necessitem de anestesia local, sedação ou bloqueio – desde que realizados em ambiente de ambulatório;
  • Atendimentos de urgência ou emergência – durante o período de até 12 horas em unidade de pronto-socorro; 
  • Procedimentos considerados especiais – por exemplo, hemodiálise e diálise peritoneal, quimioterapia ambulatorial e cirurgias oftalmológicas ambulatoriais.

Plano de saúde hospitalar

O plano de saúde hospitalar compreende exclusivamente a cobertura de internações hospitalares, com exceção de partos. O plano de saúde hospitalar pode ser contratado em quarto individual ou coletivo.

Conheça de forma mais detalhada alguns dos itens previstos no plano de saúde hospitalar:

  • Internações hospitalares – incluindo UTIs e CTIs, sem limite de tempo, valor e quantidade. Será coberta toda e qualquer taxa durante a internação, inclusive materiais utilizados;
  • Serviços médicos e de enfermagem – o plano de saúde hospitalar também cobre despesas referentes a honorários médicos, serviços gerais de enfermagem e alimentação;
  • Exames complementares – o beneficiário também terá direito aos exames necessários para esclarecimento de diagnóstico e controle da doença;
  • Medicação – fornecimento de medicamentos, anestésicos, transfusões, sessões de quimioterapia e radioterapia realizados durante a internação;
  • Despesas do acompanhante – o plano de saúde hospitalar garante, ainda, a cobertura das despesas dos acompanhantes de pacientes menores de 18 anos;
  • Cirurgias e procedimentos médicos – que necessitem ser realizados durante a internação, como radioterapia, hemoterapia, reconstrução mamária e fisioterapia.

Plano de saúde com obstetrícia

O plano de saúde com obstetrícia inclui os procedimentos relativos ao pré-natal, além de assistência ao parto e ao recém-nascido. Veja o que esse segmento obrigatoriamente oferece:

  • Procedimentos relativos ao pré-natal – inclusive exames e consultas obstétricas de pré-natal;
  • Partos;
  • Benefícios ao recém-nascido cobertura ao filho natural ou adotivo do beneficiário ou de seu dependente, durante o primeiro mês de vida, além de inscrição assegurada do recém-nascido no plano, como dependente, sem carência.

Plano de saúde referência 

O plano de saúde referência é a modalidade mais ampla, pois combina a cobertura dos três segmentos assistenciais citados anteriormente, isso é, plano ambulatorial, hospitalar e com obstetrícia. O consumidor também poderá contar com atendimento completo de urgência e emergência após 24 horas da adesão. De maneira resumida, o plano de saúde referência cobre:

  • Consultas médicas;
  • Exames;
  • Tratamentos; 
  • Internação hospitalar;
  • Parto;
  • Acomodação em enfermaria e atendimento de urgência e emergência, após 24 horas da contratação.

Plano de saúde odontológico

No plano de saúde odontológico, a operadora cobrirá atendimentos odontológicos, inclusive procedimentos cirúrgicos-odontológicos, realizados em consultório. De forma geral, ao contratar o plano odontológico, a pessoa poderá contar com o seguinte: 

  • Consultas e exames clínicos – além de exames auxiliares ou complementares solicitados pelo dentista assistente;
  • Procedimentos odontológicos – tais como os preventivos, restaurações e tratamento de canal;
  • Cirurgias orais menores – são aquelas realizadas em consultório e sem anestesia geral.

Como escolher a melhor segmentação assistencial para as minhas necessidades?

Na hora de escolher o plano de saúde, uma das principais questões a considerar é o tipo de que cobertura que você precisa. Por exemplo:

  • Gravidez – se você é mulher e planeja engravidar ou se você e sua esposa pretendem ter filhos, é uma boa ideia contratar o plano de saúde com obstetrícia.
  • Doença crônica – Quando já há na família pessoas com problemas crônicos, que demandam acompanhamento constante, é ainda mais importante poder contar com um plano de saúde que inclua internação hospitalar, além dos exames e consultas de rotina.

Escolher a modalidade ideal também envolve antecipar problemas médicos futuros. Sua idade é um bom indicador para isso, mas lembre-se de que pode haver fatores inesperados.

Portanto, as mais indicadas geralmente são as coberturas mais abrangentes, que contêm uma gama de benefícios. Embora você possa ficar tentado a escolher o plano de menor custo, eles cobrem menos de seus custos gerais de saúde e, no fim das contas, suas despesas médicas podem acabar sendo maiores.

Procurando plano de saúde? Vem pra Sami

Aqui na Sami, temos a missão de oferecer plano de saúde de qualidade com preço justo. Por isso, oferecemos planos para MEI e PJ a partir de 1 pessoa em São Paulo capital e em cidades da Região Metropolitana, como ABC, Osasco, Guarulhos e Taboão.

Nossos planos são com a segmentação ambulatorial e hospitalar, com opção de obstetrícia. Cada um de nossos membros tem acesso ao seu próprio Time de Saúde, com médicos e enfermeiras que te conhecem de verdade e que fazem a coordenação do cuidado com a sua saúde junto com você e os especialistas necessários.

Nossa rede credenciada, os parceiros clínicos da Sami, inclui hospitais, maternidades e laboratórios de qualidade, com opções como Beneficência Portuguesa, Hospital Oswaldo Cruz (Unidade Vergueiro), Maternidade Santa Izildinha, Labi, entre outros.

Por fim, sabemos que saúde é muito mais que consultas e exames. Por isso, criamos nossa Rede de Hábitos Saudáveis, que inclui o aplicativo de academias e exercícios Gympass e o aplicativo de terapia Vitalk.

Clique no botão abaixo e faça uma cotação.

Referências

Sami Plano de Saúde Empresarial

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

Posts Recentes

Como empreender com qualidade de vida?

Será que é possível conciliar empreendedorismo e qualidade de vida? Se por um lado ser dono do próprio negócio...

Acreditação hospitalar: o que é e qual a importância?

As expectativas do consumidor quanto à qualidade dos serviços de saúde são crescentes. Como forma de sinalizar ao público o compromisso com...

Plano de saúde para universitário: como escolher o melhor?

Será que vale a pena contratar um plano de saúde para universitário? Em meio a uma...

Relatório de sinistralidade: o que é e por que é importante para o seu negócio?

Quando uma empresa contrata um plano de saúde empresarial para seus funcionários, ela paga um valor mensal fixo, sejam os serviços usados...

Como lidar com o estresse como empreendedor?

Conviver com o estresse do empreendedor não é fácil, e quando os limites são ultrapassados, essa situação tende a provocar doenças como...
Sami Plano de Saúde Empresarial