Início Plano de Saúde Tenho MEI. É melhor fazer um plano de saúde MEI ou um...

Tenho MEI. É melhor fazer um plano de saúde MEI ou um plano individual?

Autor

Data

Categoria

Qual a melhor opção de plano de saúde individual para MEI?

Será mais inteligente contratar como pessoa física ou usar o CNPJ para conseguir desconto na mensalidade?

Essas são dúvidas comuns para quem trabalha como microempreendedor individual no Brasil – parcela de empresários que teve um crescimento de 8,4% em 2020, na comparação com o ano anterior.

Segundo o Mapa de Empresas, do Ministério da Economia, em 2020, foram abertas 3.359.750 empresas no país, sendo mais de 2,6 milhões na categoria MEI.

Atualmente, 56,7% do total de negócios em funcionamento são comandados por microempreendedores individuais.

Não por acaso, operadoras e administradoras de planos de saúde dão especial atenção a essa fatia expressiva do mercado, oferecendo condições pensadas para o MEI, como explicamos nas próximas linhas deste texto.

Se você está buscando informações para escolher o convênio médico que melhor se encaixa nas suas necessidades, siga com a leitura. E aproveite também para conhecer um pouco mais sobre a Sami e os nossos planos!

Neste conteúdo, vamos falar sobre:

  1. Todo MEI pode contratar plano de saúde?
  2. Comparação: plano de saúde para MEI e plano individual
  3. Como escolher o plano de saúde para MEI
  4. Procurando plano de saúde para MEI? Vem pra Sami

Todo MEI pode contratar plano de saúde?

A resposta é: depende da modalidade que o MEI pretende contratar.

De acordo com a Agência Nacional de Saúde Suplementar (ANS), existem três modalidades de inclusão no plano de saúde:

  • Individual ou familiar: só podem ser contratados por pessoa física;
  • Coletivo empresarial: atendem somente a pessoa jurídica, ou seja, a quem tenha CNPJ;
  • Coletivo por adesão: são contratados por intermediários, como sindicatos e associações, a fim de atender um grupo de pessoas que não tenha CNPJ.

O MEI pode optar pela modalidade individual ou familiar, ou pelo coletivo empresarial. 

Um dos principais benefícios do plano empresarial é o preço mais baixo das mensalidades, quando comparado ao plano de saúde individual.

Para aproveitar esses e outros pontos positivos, será preciso cumprir as regras de contratação determinadas pela ANS.

Regras de contratação plano de saúde MEI

O microempreendedor individual pode contratar seu plano de saúde coletivo empresarial diretamente com uma operadora, desde que:

  • Tenha CNPJ e cadastro ativo nos órgãos competentes há, pelo menos, 6 meses. Em geral, basta apresentar o Certificado da Condição de Microempreendedor Individual (CCMEI) para comprovar esse requisito
  • Possua registro ativo na Receita Federal.

Essa documentação será pedida pela operadora do plano no momento de adesão e, depois, pode ser solicitada uma vez a cada 12 meses, no aniversário do contrato.

Comparação: plano de saúde para MEI e plano individual

Há alguns anos, a legislação nacional não incluía opções vantajosas de plano de saúde para MEI, exigindo mais de uma vida para que o contratante escolhesse a modalidade empresarial.

Ainda que alguns microempreendedores tenham um funcionário, grande parte é de gestores que trabalham sozinhos, o que impossibilitava o acesso aos convênios empresariais.

Como os planos coletivos por adesão exigem a participação em um grupo como sindicato ou categoria profissional, também essa não é uma alternativa ao MEI.

Sobrava, então, a modalidade individual, que nem sempre cabia no orçamento ou atendia às necessidades do microempreendedor individual.

Mas tudo mudou em 2018, quando a ANS atualizou as regras dos planos de saúde, permitindo que o MEI contrate a modalidade empresarial.

Abaixo, trazemos comparações, detalhes e as principais diferenças entre as opções. Ah, e também explicamos para você como o plano de saúde para MEI da Sami funciona 🙂

Facilidade de encontrar

Esse fator é importante por viabilizar, ou não, a contratação de um bom plano de saúde MEI.

Por isso, procure dar prioridade às operadoras que atendem a região onde você mora e trabalha, consultando alternativas para microempreendedores.

A maioria das operadoras possui produtos pensados para MEI, pois, como citamos no início deste texto, parte expressiva dos empresários se enquadra nesse grupo. Entretanto, a maioria delas não oferece plano de saúde para MEI a partir de 1 pessoa.

Sabe quem veio para resolver esse problema? A Sami! Atendemos a cidade de São Paulo e nossos planos são a partir de 1 pessoa. Faça uma cotação abaixo!

Preço

O valor investido em um plano de saúde é um aspecto importante para organizações de todos os portes, mas que se torna crítico para as micro e pequenas empresas.

Muitas vezes, o MEI está lutando para construir sua marca e consolidar o negócio, que ainda não gera muito lucro.

Nesse cenário, é vital manter a saúde financeira em dia, controlando as entradas e saídas, organizando o fluxo de caixa e diminuindo as despesas.

Como aderir ao convênio médico gera um custo fixo por mês, essa questão se torna delicada.

A boa notícia é que optar pelo plano empresarial tem um custo menor que o convênio individual, que costuma ter um preço muito mais elevado.

Aqui na Sami é ainda mais barato: nossos planos para MEI custam a partir de R$ 172/mês por pessoa. Clique no botão abaixo e faça uma cotação agora mesmo.

Regras de cancelamento

Em vigor desde 2017, a Resolução Normativa nº 412 da ANS estabeleceu regras para o cancelamento dos planos de saúde por parte do consumidor.

Seja qual for a modalidade do convênio, o contratante deve notificar a operadora do plano, entrando em contato pelos canais oficiais: unidades físicas, central telefônica ou site.

O cancelamento será validado imediatamente, encerrando a cobertura pelo plano de saúde e a cobrança de novas mensalidades ou serviços.

Porém, se cancelar antes do prazo mínimo de 12 meses, o MEI pode ter que pagar uma multa estabelecida em contrato.

O valor dela é a questão mais importante a observar na sua comparação entre os planos.

Rescisão do contrato pela operadora

Aqui, não se trata só da comparação das modalidades, mas entre as operadoras – e vale sempre a regra estabelecida pela ANS.

Elas podem rescindir o contrato do MEI por vontade própria uma vez ao ano, no aniversário da contratação, desde que tenham notificado o cliente com antecedência de 60 dias.

Nessa notificação, devem explicar o motivo para a rescisão unilateral.

Caso ele não tenha elegibilidade para o plano, ou seja, não comprove que tem cadastro ativo em autoridades como a Junta Comercial, a operadora também pode cancelar o convênio médico.

O não pagamento das mensalidades é outro motivo para a rescisão, mas deve obedecer ao que ficou firmado no contrato e também exige a notificação prévia do cliente.

Reajuste

As regras para reajuste de planos para pessoa física ou jurídica têm algumas diferenças, mesmo que ambas as modalidades passem por:

  • Reajuste anual por variação de custos 
  • Reajuste por variação de faixa etária do beneficiário.

O reajuste por variação de faixa etária obedece à tabela de atualizações da ANS, que autoriza as atualizações no valor do plano de saúde em intervalos de 5 anos, a partir dos 18 anos do beneficiário.

A última alteração no valor ocorre aos 59 anos.

O reajuste anual, por outro lado, obedece a normas diferentes, sendo controlado pela ANS apenas nos planos vendidos à pessoa física (individual e familiar).

Para os planos coletivos com até 29 vidas, a agência estabelece que o mesmo percentual de reajuste deve ser aplicado a todos os contratos desse tipo.

Essa é uma forma de proteger o MEI de aumentos abusivos.

Assim, é possível aderir ao plano empresarial coletivo a preços menores e ainda monitorar o reajuste anual, elevando a sua previsibilidade.

Com a Sami, o reajuste não é um problema. Nossos planos são pensados para ajudar o empreendedor, então nossos reajustes são sempre seguindo a inflação do IPCA (Índice de Preços para o Consumidor Amplo). Mais um motivo para vir conosco!

Como escolher o plano de saúde para MEI

Agora que já conhece as possibilidades, você deve estar se perguntando: como escolher o plano de saúde para MEI?

Uma boa dica é listar suas prioridades e preferir a opção de melhor custo-benefício.

Ou seja, aquela que melhor responde à sua demanda por um preço justo.

Geralmente, as pessoas avaliam os pontos abaixo. Veja também quais as vantagens da Sami para você em cada ponto!

Abrangência

Existem planos que atendem somente em uma cidade, estado, região, com atendimento nacional ou até internacional.

Do que você precisa?

Não abra mão de contar com a cobertura onde vai estar. Atualmente, a Sami atende a cidade de São Paulo, mas muito em breve vamos expandir para mais regiões!

Tipo de cobertura

Verifique suas necessidades e as dos dependentes (se houver) para aderir ao tipo de cobertura mais adequado.

A cobertura ambulatorial dá direito a exames, consultas e tratamentos básicos realizados em ambulatório, mas não a cirurgias e internações.

Se desejar dispor desses serviços, contrate a cobertura hospitalar, com ou sem obstetrícia.

Na Sami, nossos planos incluem todos os procedimentos que você precisar e ainda mais: você conta com um time de saúde que acompanhará você em toda sua jornada, cuidando da sua saúde junto com você e da maneira que você preferir.

Acomodações

As acomodações determinam onde o paciente vai ficar depois de passar por um procedimento cirúrgico.

A enfermaria é mais básica e custa menos, porém, o usuário terá de dividir o quarto e o banheiro com outras pessoas.

Quem escolhe pelo apartamento tem mais privacidade, portanto. Além disso, os horários de visita também podem ser mais extensos.

Com a Sami, você tem a liberdade de escolher se prefere o quarto coletivo da modalidade enfermaria ou o quarto individual da modalidade apartamento.

Rede credenciada

De nada adianta ter um plano de saúde que não cubra o atendimento em instituições de sua confiança, concorda?

Por isso, preste atenção na rede credenciada antes de assinar o contrato.

Assegure que você e seus beneficiários serão atendidos em hospitais e clínicas reconhecidos pela qualidade do serviço prestado.

A Sami conta com rede credenciada de qualidade, nossos Parceiros Clínicos. Nossos laboratórios e hospitais são de qualidade internacional, como Labi, Beneficência Portuguesa e Hospital e Maternidade Santa Izildinha.

Reputação da operadora

Antes de negociar as opções de convênio médico para MEI, confirme a situação da operadora junto à ANS para evitar surpresas desagradáveis.

Aproveite para fazer uma pesquisa pela reputação da empresa em sites como o Reclame Aqui e, se possível, consulte clientes atuais para obter mais informações.

Quanto menos complicado for o processo de contratação do plano de saúde individual para MEI, melhor.

A Sami foi criada para revolucionar o plano de saúde. Recebemos o maior investimento de Série A da história do Brasil e contamos com um time sênior para cumprir a nossa missão de levar saúde de qualidade a preço justo para os brasileiros.

Procurando plano de saúde para MEI? Vem pra Sami

Na Sami, adotamos como valores a transparência e o cuidado com o seu bem-estar, oferecendo simplicidade desde a fase de contratação, que pode ser feita de forma digital.

Como você viu acima, nosso propósito é entregar saúde de qualidade a um preço justo. Faça uma cotação agora e venha para a Sami!

Sami Plano de Saúde Empresarial

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

Posts Recentes

Demissão: como realizar preservando a saúde do colaborador

A demissão é uma realidade que faz parte de qualquer empresa e carreira. Seja motivada pela corporação ou pelo...

Corretor de plano de saúde: você sabe o que é e o que ele faz?

Contar com um plano de saúde está entre os maiores desejos dos brasileiros. Perde apenas...

Empreendedorismo e depressão: como prevenir e como cuidar

A relação entre empreendedorismo e depressão vem ganhando evidência nos últimos anos. E não é por acaso, afinal, a...

Terapia e empreendedorismo: quando é indicada?

Empreender não é uma tarefa fácil e muitas vezes pode ser solitária. Todo empreendedor está preocupado com os rumos da empresa, afinal...

Síndrome do impostor: o que é e como prevenir-se como empreendedor?

Não sei como isso deu certo. Eu nem acho que fiz muito. Agradeço o elogio, mas acho que não mereço tanto. Sinto...
Sami Plano de Saúde Empresarial