Início Alimentação A importância da alimentação saudável

A importância da alimentação saudável

Autor

Data

Categoria

O que produtividade tem a ver com alimentação saudável? Tudo! Afinal, nosso capital mais valioso é a motivação, a disposição, a capacidade de aprendizado e o raciocínio, que garantem um bom desempenho para conduzir a própria demanda.

Não dá para manter o ritmo e a produtividade sem saúde, concorda? E não dá para ter saúde sem uma alimentação nutritiva e balanceada.

Mas a gente sabe que manter uma rotina de alimentação saudável não é fácil, principalmente para quem precisa correr atrás de resultados todo dia e nem sempre conta com uma equipe de apoio.

Nas próximas linhas, trazemos reflexões e insights para ajudar você a cumprir os seus compromissos sem descuidar da alimentação.

  1. Alimentação saudável e trabalho: você entende a relação?
  2. Como a alimentação afeta a saúde do trabalhador?
  3. Importância da alimentação saudável
  4. 7 dicas de alimentação saudável
  5. Qual o alimento mais saudável do mundo?
  6. Nunca se descuide da sua saúde
  7. A Sami cuida da sua saúde por inteiro

Alimentação saudável e trabalho: você entende a relação?

Captação de clientes e parceiros, envio de documentos, realização de serviços, cobrança de chefes, entregas em pequenos prazos… A rotina de um empreendedor ou colaborador de uma empresa costuma ser desgastante, com períodos de sobrecarga.

Simplesmente porque o empreendedor está lutando pelo sucesso de seu negócio e nem sempre tem recursos para contratar funcionários e delegar algumas atividades. Assim como o trabalhador, que precisa garantir a qualidade de vida e se dedicar ao trabalho.

Diante dessa rotina atribulada, horas de sono, de relaxamento, de lazer e atividade física acabam ficando em segundo plano. Também não é raro sacrificar o horário e a qualidade das refeições, considerando apenas a rapidez e a praticidade.

Só que não deveria ser assim, pois existe uma relação direta entre trabalho e alimentação saudável, sendo que o rendimento de um é impactado pela qualidade do outro.

Vale lembrar que a comida é o combustível do nosso corpo, vital para nutrir as células e fazer tudo funcionar direito. E a qualidade do combustível é tão importante quanto o ato de abastecer nosso organismo.

Embora alguns tipos de alimentos com pouco valor nutritivo deem um prazer imediato e impressão de saciedade instantânea, voltaremos a sentir fome logo depois.

Mesmo se considerarmos o tempo como um fator crucial, é mais inteligente apostar em refeições coloridas e balanceadas, que nos fornecem energia por horas e ainda abastecem as células com nutrientes de qualidade.

Como a alimentação afeta a saúde do trabalhador?

A alimentação tem a capacidade de gerar efeitos positivos e negativos na saúde do empreendedor.

Para se ter uma ideia, uma pesquisa realizada em 2018 pela Universidade de Brigham Young, nos Estados Unidos, alertou que trabalhadores que se alimentam mal são 66% mais propensos a sofrer com baixa produtividade do que aqueles que adotam uma alimentação saudável. 

Dados divulgados pela Organização Internacional do Trabalho (OIT) corroboram o estudo, evidenciando índices de produtividade 20% menores entre os profissionais que têm maus hábitos alimentares.

O que faz todo o sentido, pois os nutrientes absorvidos têm o potencial de elevar o nível de colesterol, gorduras e açúcar no sangue – o que favorece o desenvolvimento de problemas como pressão alta, obesidade e diabetes.

Além desse efeito de longo prazo, os alimentos também impactam na disposição quase imediatamente.

Itens difíceis de serem digeridos, como os carboidratos, acabam consumindo muita energia, deixando você mais lento e menos disposto para tocar o seu negócio.

Já os alimentos ricos em fibras, como frutas e legumes, oferecem um nível suficiente de energia e dispensam grandes esforços para a digestão.

A quantidade e qualidade de alimentos ingeridos tem efeitos, ainda, nos padrões de sono – outro fator que afeta a produtividade no trabalho.

Vamos explicar melhor essa interação nos próximos tópicos.

Importância da alimentação saudável

Escolhendo uma dieta saudável, você aproveita vantagens como:

  • Menores chances de adoecimento por males cardiovasculares, inflamatórios e câncer
  • Diminuição do risco de desenvolver depressão, ansiedade e outros transtornos psíquicos
  • Mais ânimo para as tarefas
  • Maior produtividade
  • Melhora no humor
  • Aumento na capacidade de raciocínio e concentração
  • Redução no nível de estresse
  • Regulação dos padrões de sono
  • Sensação de saciedade duradoura
  • Melhor qualidade de vida.

7 dicas de alimentação saudável

Agora que você conhece o impacto da alimentação saudável, confira 7 dicas para adotar bons hábitos a partir de hoje.

1. Aposte na variedade

Nosso organismo precisa de diversos tipos de nutrientes para funcionar bem, como proteínas, carboidratos, vitaminas, fibras e sais minerais.

Uma dieta saudável deve ser variada para atender a essas necessidades, e existe um jeito simples de incorporar os nutrientes necessários: montar sempre um prato colorido.

Cores distintas indicam nutrientes diferenciados na composição dos alimentos, principalmente dos vegetais – que devem ocupar grande parte da dieta.

 2. Abra menos embalagens, descasque mais itens

Um indicativo de alimentação nutritiva é o menor consumo de itens processados como embutidos, enlatados e produtos industrializados.

Esses alimentos recebem conservantes para durar mais, além de conter alto teor de sal, açúcar e gordura.

Procure trocar os embalados por alimentos naturais, consumindo pelo menos 5 porções de frutas, legumes e verduras por dia.

 Dê preferência aos que contêm vitamina C, antioxidantes e betacaroteno, a exemplo do pepino, cenoura, couve, espinafre, laranja e maçã.

 3. Fuja das dietas da moda

Seria ótimo se existisse uma receita pronta com resultados positivos para todos, mas não há. Por isso, fuja de dietas da moda e roteiros montados para outras pessoas e crie você mesmo uma rotina alimentar saudável.

4. Estabeleça uma rotina

Nosso corpo funciona como uma máquina, o que implica em combustível e manutenção frequentes e, de preferência, horários separados para as refeições.

É importante ter esse padrão para evitar comer em excesso ou ficar sem se alimentar por longos períodos, o que leva a quadros de hipoglicemia e atrapalha as tarefas diárias.

5. Faça as maiores refeições no início do dia

É durante as primeiras horas em que estamos acordados que nosso organismo está precisando de mais nutrientes para se manter desperto e com bastante disposição.

Nesse período, o sistema digestivo também está preparado para metabolizar qualquer alimento, mesmo os mais difíceis.

Portanto, a primeira metade do dia é ideal para fazer grandes refeições, ainda que você seja mais ativo durante a tarde ou à noite.

Se não sente apetite no café da manhã, tente priorizar o almoço e deixe alimentos mais leves para o período noturno, a fim de prevenir a indigestão ou azia próximo à hora de dormir.

6. Atenção ao local das refeições

A maneira como você consome os alimentos é outro ponto que interfere no aproveitamento dos nutrientes.

É por isso que existem refeitórios nas empresas e escolas, pois o ambiente deve colaborar para que cada refeição seja satisfatória.

Como empreendedor, você também deve separar um local calmo, tranquilo, arejado e limpo para tornar esses momentos prazerosos, melhorando sua relação com a comida.

O mais importante é concentrar sua atenção na refeição, evitando assistir àquela série, estudar ou pensar em trabalho nesses instantes.

Separe alguns minutos para comer e, depois, pode utilizar o restante da pausa de almoço para realizar essas atividades ou relaxar.

7. Cuidado com os excessos

Já dizia o ditado: tudo que é demais faz mal.

Então, talvez o problema não seja aquela sobremesa ou lanche e, sim, a frequência com que esses itens são consumidos.

Ingerir uma barra inteira de chocolate é bem diferente de comer um ou dois pedacinhos, assim como uma única xícara de café pela manhã não fará mal, ao contrário de passar o dia todo tomando vários cafezinhos.

Nesse caso, a grande quantidade de cafeína, que é um estimulante, pode atrapalhar seu sono, mantendo seu corpo e mente num ritmo acelerado e estresse constante.

O consumo de chocolate e outros doces injetam altas doses de açúcar no sangue e dão energia rapidamente, no entanto, o efeito dura pouco.

Além do mais, esses carboidratos simples aumentam o risco de ter diabetes.

Qual o alimento mais saudável do mundo?

Para um alimento ser considerado saudável, os conceitos estabelecidos são com base na quantidade, tipos de minerais, vitaminas, proteínas, carboidratos, fibras e gordura. Além disso, eles são classificados de acordo com os benefícios que trazem para a nossa saúde.

Sendo assim, o leite materno é considerado o alimento mais saudável do mundo justamente por ser o mais completo. Ele é fonte de:

  • energia (com 98% da sua composição de gordura saudável);
  • minerais (como Ca, Fe, Zn, Cu, entre outros);
  • vitaminas (A,D,E,K,C e complexo B).

Nunca se descuide da sua saúde

Claro que há momentos críticos em que será preciso trabalhar duro, entretanto, faça um esforço para manter uma dieta balanceada, praticar exercícios físicos e dormir entre 7 e 8 horas por noite.

Se for complicado manter esses bons hábitos, pode ser interessante contar com o apoio de profissionais para reforçar as medidas preventivas no dia a dia.

A Sami cuida da sua saúde por inteiro

Aqui na Sami, temos como missão oferecer saúde de qualidade por um preço justo, com planos feito sob medida para empreendedores.

Cada membro da Sami tem acesso ao seu próprio Time de Saúde, com médico pessoal e equipe de enfermagem que conhecem você de verdade e que fazem o cuidado coordenado da sua saúde junto com você e os especialistas necessários. Aqui cuidamos da sua saúde, não da sua doença.

Nossa rede credenciada, os Parceiros Clínicos da Sami, incluem opções de hospitais com acreditações internacionais, maternidades, clínicas e laboratórios de qualidade, como Beneficência Portuguesa, Hospital Oswaldo Cruz (unidade Vergueiro), maternidades Santa Joana e Santa Izildinha, laboratórios Labi, entre outros.

 Por fim, sabemos que saúde é muito mais que a carteirinha do plano de saúde. Por isso, criamos a nossa Rede de Hábitos Saudáveis, com o aplicativo de academias e exercícios Gympass e outros benefícios exclusivos para a sua saúde mental e o seu bem-estar.

Ei, RH! Quer economizar até30% no plano da sua empresa?

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

Posts Recentes

IMC: entenda as faixas e o peso ideal

O Índice de Massa Corporal (IMC) é uma ferramenta utilizada na área da saúde para avaliar a relação entre peso e altura de uma pessoa e, assim, classificar seu estado nutricional em categorias.

Etarismo: o que é, impactos na vida do idoso e a importância da pirâmide etária

o etarismo se refere a estereótipos, preconceitos e discriminação direcionada às pessoas com base na idade que elas têm.

Pluralidade cultural: o papel do pluralismo nas empresas

A pluralidade é um tema importante nos dias atuais, onde as fronteiras entre as nações se tornam cada vez mais fluidas e o mundo cada vez mais globalizado.

O que é ambidestria organizacional e quais são os benefícios

A ambidestria organizacional é uma abordagem que tem como objetivo equilibrar-se em dois focos sem perder a eficiência de suas operações.

Mundo BANI: o que é e como ele impacta a sua empresa

O BANI é uma maneira mais assertiva de enquadrar e entender o estado do mundo atual. Ao contrário do que muitos pensam, o mundo BANI não surgiu após a pandemia da Covid-19.
Ei, RH!Já conhece o planode saúde com foco emretenção de talentos?
×