Início Sami Preços de planos de saúde disparam, mas Sami segura e fecha 34%...

Preços de planos de saúde disparam, mas Sami segura e fecha 34% abaixo

Autor

Data

Categoria

Com a inflação batendo 12,13% no acumulado em 12 meses em maio de 2022, além de os brasileiros estarem economizando no que podem para não faltar o básico em casa, já tem gente – e empresa – repensando se o plano de saúde é mesmo essencial.

Porque a média de reajuste dos planos coletivos empresariais que atendem MEIs, PMEs e negócios com até 29 vidas ficou em assustadores 17,23% no período. Algumas operadoras já têm comunicado aos seus usuários o aumento: o da Amil foi de 19,9%, o da Sulamérica foi 19,4%, o Bradesco fechou com 19,25% e a Allianz, com 18,5%.

E quanto aos planos individuais, a expectativa é que a Agência Nacional de Saúde Suplementar (ANS) anuncie nas próximas semanas um aumento recorde. As projeções de especialistas do Banco BTG Pactual, do Instituto de Estudos da Saúde Suplementar (IESS) e da Associação Brasileira de Planos de Saúde (Abramge) são de uma variação de 15% a 18% no reajuste de planos de saúde individuais.

Como fugir de reajustes altos e manter o plano de saúde?

Na contramão das operadoras de saúde tradicionais, cujo aumento ficou acima da inflação, o reajuste da Sami em maio de 2022 foi de 11,3%, valor mais de 34% abaixo da média do mercado.

A operadora, que oferece planos coletivos empresariais a MEIs e PJs a partir de uma vida, com um custo a partir de R$ 172, aposta em um modelo diferenciado, com um Time de Saúde – composto por médico de família, enfermeiro e coordenador de cuidado – que atua de forma preventiva e proativa junto ao paciente, oferecendo, inclusive, academia grátis via Gympass e app de saúde mental. 

Com a promessa de democratizar a saúde de qualidade e oferecer um salto na experiência do cliente, a Sami conta também com recursos como a interoperabilidade de sistemas – que permite a troca de informações de pacientes entre os médicos da Sami e os hospitais parceiros credenciados, como a Beneficência Portuguesa, para que o diagnóstico seja mais rápido, preciso, e sem que exames já feitos sejam repetidos por falta de comunicação entre as unidades, o que promove uma maior eficiência operacional. Segundo o presidente e cofundador da healthtech, o médico Vitor Asseituno,  os aumentos de até 20% nos planos ocorrem por uma falta de controle nos protocolos e custos médicos, falta de cuidado com os pacientes, e pela ausência de gestão no sistema de saúde como um todo. Esse descontrole acaba impactando diretamente o setor, especialmente quem mais precisa dele. “Na Sami, nosso objetivo é não reajustar acima da inflação, porque não queremos que os preços dos planos sejam um impeditivo para que as pessoas tenham acesso a saúde de qualidade”, diz Vitor Asseituno.

e-book Como estruturar uma política de plano de saúde para sua empresa do zero

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

Posts Recentes

Conheça as 10 doenças respiratórias mais comuns no inverno

Tempo seco, maior tempo de permanência em lugares fechados e redução da ventilação dos ambientes – principalmente para evitar os ventos fortes...

O impacto de um bom plano de saúde na experiência do colaborador

Como você deve imaginar, a experiência do colaborador com a sua empresa impacta diretamente na produção da sua demanda. Logo, no seu...

Bronquite, sinusite e rinite: tudo sobre as “ites” do inverno

Bronquite, sinusite e rinite: essas doenças provocam inflamações em diferentes partes do sistema respiratório e podem ser causadas por vírus, bactérias ou alergias.

Gripe e resfriado: descubra a diferença entre os dois

Apesar de as duas doenças afetarem o sistema respiratório e terem forte incidência no inverno, elas possuem sintomas com intensidades diferentes. Você...

Hipertensão: as causas e consequências da pressão alta

Já pensou que, neste exato momento, o seu organismo pode estar sendo prejudicado por uma doença silenciosa? No mundo todo, cerca de...
e-book Como estruturar uma política de plano de saúde para sua empresa do zero
×