Início Sami Parceria Sami e Vozes das Periferias com a cabine de telemedicina plus...

Parceria Sami e Vozes das Periferias com a cabine de telemedicina plus UFA

Autor

Data

Categoria

Com a chegada da pandemia, mais pessoas deixam de ter acesso à saúde. Há estimativas indicando que 7 em cada 10 pessoas dependem do SUS, no Brasil. Atualmente, há cerca de 14,7 milhões de pessoas desempregadas e o Brasil é o nono país mais desigual do mundo.

Mas, o que a Sami tem a ver com isso? Tudo. “Apesar de todo o nosso esforço para fazer um plano de alta qualidade economicamente acessível, ainda não é possível abarcar a população mais vulnerável do Brasil. Isso nos preocupa, especialmente em tempos como este”, diz Vitor Asseituno, presidente da Sami.

Em parceria com o Instituto Vozes das Periferias, filiada à rede Gerando Falcões, desenvolvemos o projeto de instalar uma cabine de telemedicina para atender a população que está sem atendimento médico por conta da pandemia, o que reafirma o propósito da Sami na sociedade, que é tornar a saúde mais acessível para todos.

Dentro da operadora de saúde existe um laboratório de inovação que foi criado para apoiar a sustentabilidade no setor por meio de tecnologia e Atenção Primária à Saúde. Na unidade, o foco é pensar de forma prática em como fazer a diferença, para apoiar não só a Sami, mas outras operadoras e empresas que queiram capitanear projetos efetivos,  diferenciados e inovadores.

Com isso, surgiu a UFA – Unidade Física de Atendimento, uma cabine de telemedicina plus, cujo diferencial é a realização de exames físicos de forma remota. Sua missão é transformar tecnologia em saúde e nos aproximar do futuro.

Os exames que podem ser realizados são:

  • Exame de ouvidos e garganta.
  • Análise da ausculta de sons pulmonares e cardíacos.
  • Coleta de dados vitais, como temperatura, frequência cardíaca, pressão arterial, nível de oxigenação no sangue
  • Imagens em alta resolução de lesões, queimaduras, arranhões e picadas na pele.
  • Captação de sons do abdômen.
  • Medidas corporais como peso e altura

Por isso, escolhemos o Vozes das Periferias, que atua na região da Vila Prudente e atende cerca de 300 famílias. O Instituto oferece atividades de esporte, cultura, qualificação profissional e geração de renda. Seus atendidos também contam com acompanhamento psicológico e assistência social.

Trabalham diariamente com ações educacionais e assistencialistas para transformar a realidade das favelas, criar pontes e gerar oportunidades. Eles estão na ponta, liderando e trabalhando duro em nome de centenas de jovens que podem ter suas vidas transformadas por organizações sociais.

Letícia Armindo, coordenadora de operações do Instituto Vozes das Periferias, ressalta a importância de uma ação como esta para pessoas com vulnerabilidade social. “Realizamos uma pesquisa e a maioria dos nossos atendidos está há mais de um ano sem acompanhamento médico, mesmo aqueles que possuem doenças crônicas. Levar esse atendimento para as comunidades é importante para garantir a integridade física dessas pessoas, principalmente em época de pandemia“.

Ao entrar na cabine, o paciente aperta um botão e, imediatamente, o vidro se torna opaco, garantindo total privacidade durante a consulta e os exames físicos. Na parte interna da cabine, existe uma iluminação UVC, com efeito antiviral e antibacteriana. A consulta é dada por um médico da Sami, via telemedicina. Dentro da UFA há uma tela grande em que paciente e médico se veem e também equipamentos para os exames, que são operados por uma enfermeira devidamente treinada.

Para saber mais sobre o projeto, assista nosso vídeo!

Criada pela Sami para todo o mercado brasileiro

A UFA foi criada pelo laboratório de inovação da Sami, mas não queremos exclusividade. Quanto mais pessoas se beneficiarem de atendimento remoto de qualidade, melhor. A ideia é servir ao brasileiro, a todos os planos de saúde e todas as empresas.

O objetivo do laboratório de inovação da Sami é desenvolver soluções para todo o mercado de saúde, com o intuito de tornar a saúde mais acessível.

O projeto pode ser disponibilizado em formato white-label para outros serviços de saúde que queiram ampliar sua presença e reduzir sinistralidade ou até mesmo por empresas em busca de promover saúde aos colaboradores dentro de seus ambientes de trabalho, para melhorar a satisfação interna e reduzir absenteísmo.

Sami Plano de Saúde Empresarial

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

Posts Recentes

Onboarding: o que é e como utilizar para promover a saúde dentro do negócio

Onboarding é um termo do inglês que pode ser traduzido livremente como “embarcando”,  “entrando a bordo” ou “integração”, para aderir a um...

#CuidarDaFala: O que é capacitismo e como remover expressões capacitistas da sua fala

"Ele é maluco"; "Mas você é cego?";  "Está surda?".  São frases comuns no...

O que é a licença luto? O que o RH deve saber sobre o tema

A licença luto é o período de afastamento das atividades em que um trabalhador tem direito quando uma pessoa da família morre....

Employee experience: o que é e a importância para a saúde dos colaboradores

Employee experience é a soma das experiências de um colaborador, de acordo com a conexão que ele tem com aquela entidade, formada...

Janeiro Branco: precisamos falar de Saúde Mental

O chamado “calendário colorido da Saúde” elege meses e cores para conscientizar a população sobre questões de saúde. Algumas dessas campanhas -...
Sami Plano de Saúde Empresarial