Início Imprensa Brazil Journal: Sami faz rodada de R$ 86 mi e lança plano...

Brazil Journal: Sami faz rodada de R$ 86 mi e lança plano de saúde

Autor

Data

Categoria

Numa evolução de seu modelo de negócios, a Sami — uma healthtech que até agora ajudava planos de saúde na redução de custos e melhoria da eficiência — acaba de levantar R$ 86 milhões para criar sua própria operadora, o que a coloca numa posição de eventualmente competir com seus atuais clientes.

O aporte — o maior ‘Series A’ de uma healthtech no Brasil — foi liderado pela Valor Capital e Monashees.

A Redpoint eVentures, que liderou uma captação de R$ 5 milhões para a Sami no início do ano, também acompanhou a rodada. Outros investidores incluem a Canary; o fundador da 99, Paulo Veras; e Sérgio Ricardo, o ex-CEO da Amil.

A capitalização vai dar à Sami o capital exigido pela Agência Nacional de Saúde para operar como operadora, e deve sustentar o crescimento da operação por mais 24 meses, Vitor Asseituno, o cofundador, disse ao Brazil Journal.

Por enquanto, a startup vai lançar um plano de saúde corporativo com foco apenas nas PMEs (empresas com até 99 vidas) e atuação restrita à região metropolitana de São Paulo; Vitor diz que esta interseção representa um mercado endereçável de 2 milhões de vidas. Mais adiante, a Sami quer oferecer outros produtos ao segmento corporativo e entrar também nos planos individuais.

A Sami está entrando num mercado em que a concorrência está recrudescendo, com o lançamento de planos mais baratos por grandes players como a SulAmérica (cujo plano Direto, em parceria com o Dr. Consulta, também foca em PMEs), e startups como a QSaúde, do fundador da Qualicorp, José Seripieri Filho, e a Alice.

“Se você só tem cinco vidas, vai levar de 3 a 4 semanas para conseguir contratar um plano numa grande operadora, e não vai ter um atendimento próximo e de qualidade. A experiência para os pequenos ainda é muito ruim,” diz Vitor. “Queremos dar uma experiência boa, 100% digital e com reajustes bem abaixo do mercado.”

Segundo ele, um dos diferenciais do plano em relação aos incumbentes é que ele dá direito a um ‘time de saúde’ — um grupo de médicos de família, enfermeiras e psicólogos que estarão à disposição dos segurados. O atendimento será por telemedicina (24 horas por dia) ou numa clínica física dentro do hospital Beneficência Portuguesa (BP), num modelo também adotado pela QSaúde e Alice.

A Sami também vai usar dados para tentar melhorar os resultados do sistema com medicina de prevenção. Logo que o cliente entra no plano, ele precisa responder uma série de perguntas, que darão uma visão inicial sobre ele. Conforme ele usa a rede, a Sami vai colhendo mais dados e aperfeiçoando a experiência.

“Quando você olha um plano de saúde mais popular, ele tem baixo custo porque restringe o acesso dos segurados. Nossa lógica é oposta: queremos que os clientes usem e abusem de nosso time de saúde, porque no longo prazo isso tende a reduzir os custos do sistema,” diz Guilherme Berardo, o outro fundador.

O plano vai custar entre R$ 200-450 por vida (10% a 20% menos que os concorrentes) e a intenção da Sami é reajustar os preços apenas com base no IPCA.

Para baixar custos, a aposta é no time de saúde e no modelo de value-based healthcare (conhecido na indústria como ‘capitation’), em que os médicos são remunerados pelo desempenho e não pelo número de consultas.

Reprodução da matéria publicada no Brazil Journal, escrita por Pedro Arbex, no dia 20/10/2020.

e-book Como estruturar uma política de plano de saúde para sua empresa do zero

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

Posts Recentes

Diabetes gestacional: causa, sintomas e riscos para o bebê

A hiperglicemia durante a gestação surge a partir de alterações hormonais, e pode provocar diversas complicações à saúde da gestante e do feto

Do rim à visão: veja 10 complicações causadas pelo diabetes

O diabetes é um grande problema de saúde pública, segundo o Atlas do Diabetes da Federação Internacional de Diabetes (IDF), de 2021....

 Pré-diabetes: o que é, quais são as causas e como prevenir

Cerca de 15 milhões de pessoas têm pré-diabetes no Brasil, segundo uma pesquisa do International Diabetes Federation. Pré-diabetes é o termo usado...

Diabetes tipo 1 e tipo 2: você sabe qual é a diferença?

Se você não é diabético, provavelmente conhece alguém que tenha diabetes. De acordo com o Atlas do Diabetes da Federação Internacional de...

Diabetes: saiba quais são as causas, sintomas e como tratar

O diabetes é efeito de uma baixa ou ausência de produção de insulina, causada por fatores genéticos ou hábitos de vida prejudiciais...
e-book Como estruturar uma política de plano de saúde para sua empresa do zero
×