Início Saúde Diarreia: causas e como aliviar

Diarreia: causas e como aliviar

Autor

Data

Categoria

Dificilmente vamos encontrar alguém que nunca teve um quadro de diarreia na vida. Essa condição é bastante comum, na infância até a velhice, e é caracterizada por fezes amolecidas ou até mesmo líquidas, vontade constante de ir ao banheiro e dor abdominal.

Se não for tratada adequadamente, a diarreia pode provocar desidratação ou até mesmo desnutrição crônica, dependendo da frequência que ela ocorre. Quer descobrir quais são as principais causas da diarreia e o que fazer para tratar esse problema que provoca tanto desconforto? Vem que a Sami te explica:

  1. O que causa diarreia
  2. Tipos de diarreia
  3. Diarreia e desidratação
  4. O que comer quando está com diarreia
  5. O que não comer quando está com diarreia 
  6. O que é bom para curar diarreia

O que causa diarreia

A diarreia pode ser causada por vírus, bactérias ou outros parasitas. Geralmente, esses agentes invasores chegam até o organismo através da boca, principalmente em bebidas ou alimentos contaminados. Por isso, a diarreia está frequentemente relacionada à intoxicação alimentar

Alguns medicamentos (como antibióticos e laxantes que contenham magnésio), intolerância à lactose, síndrome do intestino irritável, doença de Crohn, doença celíaca e outras doenças ligadas ao sistema gastrointestinal também favorecem o surgimento de quadros de diarreia. Além do consumo exacerbado de cafeína ou de álcool e o tabagismo

Tipos de diarreia

A diarreia pode ser classificada de três formas: aguda, persistente ou crônica. A principal diferença entre elas está no tempo de duração. Enquanto a diarreia aguda dura, em média, até 14 dias, a diarreia persistente continua por até 28 dias. Esses dois tipos costumam ter origem infecciosa. Já a diarreia crônica pode durar por mais de quatro semanas, e está mais ligada a doenças gastrointestinais e inflamatórias.

Além da duração, é importante ficar de olho na coloração das fezes. Fezes verdes indicam que o processo digestório está acelerado. Diarreia amarelada, por sua vez, é sinal de excesso de gordura, que pode ser causado por intoxicação alimentar ou problemas no fígado. A diarreia com sangue é a mais perigosa, e indica presença de lesões na mucosa intestinal, fissuras anais ou hemorroidas

Diarreia e desidratação

Durante um episódio de diarreia, por causa da evacuação excessiva e contínua, o nosso organismo costuma perder muito líquido e sais minerais. Se esses componentes não forem repostos adequadamente em tempo hábil, pode surgir um quadro de desidratação.

Os sintomas iniciais de desidratação são sede constante, redução na quantidade de urina e urina amarelada. Em estágios mais avançados, a condição pode provocar dor muscular, câimbra, tontura, dor de cabeça, pele e lábio secos, olheiras, alteração no batimento cardíaco e febre baixa.

O que pode comer quando está com diarreia

Se engana quem pensa que durante o quadro de diarreia não podemos comer nada. Na verdade, alguns alimentos auxiliam na reposição dos nutrientes perdidos e na regulação da nossa flora intestinal – o que ajuda a tratar a diarreia mais rápido. 

Os principais alimentos que podem – e devem – ser consumidos quando estamos com diarreia são:

  • Iogurte natural;
  • Água de coco;
  • arroz branco;
  • Quinoa;
  • Carnes brancas magras, como frango e peru;
  • Peixe branco;
  • Ovos cozidos;
  • Batata e cenoura cozidas;
  • Pão branco;
  • Frutas, como banana verde, limão e maçã, goiaba e pêra sem casca.

O que não comer quando está com diarreia 

Em contrapartida, também temos aqueles alimentos que devem ser evitados durante um episódio de diarreia, pois possuem ingredientes que podem intensificar o quadro e, consequentemente, prejudicar o tratamento. São eles:

  • Frituras;
  • Alimentos industrializados;
  • Embutidos, como presunto, salame e linguiça;
  • Chocolate;
  • Doces;
  • Massas;
  • Queijos;
  • Oleaginosas, como avelã e castanha;
  • Frutas laxativas, como mamão e abacate;
  • Vegetais folhosos;
  • Temperos fortes;
  • Café;
  • Sucos de frutas, já que possuem muita frutose e podem piorar o quadro;
  • Chás com cafeína, como chá mate, verde e preto;
  • Refrigerante; 
  • Bebidas alcoólicas.

O que é bom para curar diarreia

O tratamento mais adequado para diarreia deve ser definido pelo Time de Saúde. Mas, de modo geral, envolve ingestão de soro e aumento do consumo de líquidos, como água e sopas. Uma boa maneira de evitar a desidratação causada por diarreia, segundo o Ministério da Saúde, é ingerir de 50 a 100 ml de líquido após cada evacuação.  

Felizmente, existem diversas maneiras de prevenir a diarreia, especialmente a causada por infecções ou intoxicação alimentar. As principais são:

  • Beba somente água tratada, filtrada ou fervida, isso evita o consumo de água contaminada;
  • Beba sempre bastante líquidos, principalmente nos dias mais quentes;
  • Mantenha os depósitos de água bem fechados e faça higienização desses ambientes regularmente;
  • Evite tomar banho em rios, açudes, piscinas ou praias contaminadas. Se avistar uma placa de alerta de água imprópria para banho, respeite;
  • Lave as mãos com água e sabão antes de preparar os alimentos, antes de amamentar, após a troca de fraldas de crianças ou após usar o banheiro;
  • Proteja os alimentos de moscas, baratas e ratos;
  • Lave cuidadosamente as verduras e frutas;
  • Evite consumir alimentos na rua.
Ei, RH! Quer economizar até30% no plano da sua empresa?

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

Posts Recentes

IMC: entenda as faixas e o peso ideal

O Índice de Massa Corporal (IMC) é uma ferramenta utilizada na área da saúde para avaliar a relação entre peso e altura de uma pessoa e, assim, classificar seu estado nutricional em categorias.

Etarismo: o que é, impactos na vida do idoso e a importância da pirâmide etária

o etarismo se refere a estereótipos, preconceitos e discriminação direcionada às pessoas com base na idade que elas têm.

Pluralidade cultural: o papel do pluralismo nas empresas

A pluralidade é um tema importante nos dias atuais, onde as fronteiras entre as nações se tornam cada vez mais fluidas e o mundo cada vez mais globalizado.

O que é ambidestria organizacional e quais são os benefícios

A ambidestria organizacional é uma abordagem que tem como objetivo equilibrar-se em dois focos sem perder a eficiência de suas operações.

Mundo BANI: o que é e como ele impacta a sua empresa

O BANI é uma maneira mais assertiva de enquadrar e entender o estado do mundo atual. Ao contrário do que muitos pensam, o mundo BANI não surgiu após a pandemia da Covid-19.
Ei, RH!Já conhece o planode saúde com foco emretenção de talentos?
×