Início Artigos Relato sobre telemedicina: como funciona uma consulta?

Relato sobre telemedicina: como funciona uma consulta?

Autor

Data

Categoria

A telemedicina é baseada no atendimento a pacientes de forma remota, podendo acontecer em qualquer lugar e até em qualquer horário. Isso facilita o acesso aos médicos e o compartilhamento de informações com segurança, independente de distâncias. Por isso, com a pandemia causada pela Covid-19, ela se tornou uma opção ainda mais necessária.

Com o isolamento social, muitas pessoas optaram por permanecer em casa, investindo em métodos diferentes para se conectar aos profissionais da saúde. Foi o que aconteceu com o advogado Raphael Felipe Santos, 30 anos. Durante a quarentena, ele precisou de uma consulta e lançou mão da tecnologia. Abaixo, ele faz seu relato sobre a experiência.

Descobrindo a telemedicina

“Há algum tempo via reportagens pela internet sobre consultas por videoconferência, mas até então não tinha entrado em contato com a possibilidade. Até que, em um fim de tarde em abril, notei a manifestação de uma alergia na minha pele. O problema é que, por volta das 5h do dia seguinte, faria uma viagem. 

Sou de São José dos Campos, o que significa dizer que a partir das 18h dificilmente encontraria um dermatologista para atendimento. Teria que ir ao pronto atendimento. 

Mas eu perderia cerca de 2 ou 3 horas para ser atendido. Ou seja, eu ia sair da minha casa, me deslocar até lá, esperaria para ser atendido, poderia ter de esperar para fazer um exame, retornar ao atendimento e só então voltar para casa.

Além disso, neste período, as coisas estavam complicadas por causa do Coronavírus e, com toda a complexidade do cenário, me lembrei da possibilidade de realizar a consulta por videoconferência. Estava preocupado em me deslocar naquele horário e não queria sair de casa para ir ao hospital. 

Além disso, ainda ficaria bastante cansado para minha viagem do dia seguinte. Decidi recorrer ao método”. 

Com a telemedicina, é possível ser realizar consultas de qualquer lugar ou a qualquer hora

Como agendar uma consulta

“Então, acessei o aplicativo do meu convênio e procurei o agendamento da consulta. Lembro que já estava tarde, já devia ser 21h quando marquei a consulta para 50 minutos depois. 

Ao fazer isso, recebi uma mensagem no WhatsApp confirmando o agendamento e sinalizando que, em breve, o médico estaria à minha disposição. A consulta estava programada para 21h50, mas logo às 21h45, recebi uma nova mensagem – dessa vez um SMS – informando que o médico estava disponível. 

Segui as instruções que vieram pelo WhatsApp. Elas indicavam que eu deveria estar em um lugar bem iluminado, sem muito barulho e no qual eu estivesse confortável para conversar tranquilamente. Me mandaram um link para acessar a consulta, que foi feita através de uma videoconferência no próprio aplicativo do convênio. Também me passaram informações sobre o médico, como o nome e a inscrição dele no Conselho de Medicina. 

Entrei na ‘sala’ e logo a consulta começou. No horário agendado, zero atrasos”. 

Como é a consulta de telemedicina

“Logo que o atendimento iniciou, o médico se apresentou e explicou como funcionaria. Não vi nenhuma diferença entre o que ocorreu até então e uma consulta presencial. Com exceção, claro, de que no meu caso, eu precisava mostrar minha alergia na pele. Isso significava que o médico não teria um contato direto com o problema. 

Assim, a saída foi aprofundar as perguntas que ele fazia. Acredito que fez isso para se aproximar ao máximo da realidade e conseguir entender com clareza o que eu estava passando. Também fez as perguntas rotineiras que médicos fazem, buscando entender meu histórico. 

A telemedicina evita perda de tempo com deslocamentos ou com a espera por um atendimento presencial

A consulta deve ter durado cerca de 20 minutos. Ele pôde compreender meu problema e me passar um método de tratamento. Explicou que, com o meu CPF, eu poderia acessar, no próprio aplicativo, a minha receita de medicamento, que pode ser lida nas farmácias por meio de código ou QR Code. Então, encerrou meu atendimento”. 

Depois de falar com o médico

“Acho que eram 22h15 quando a consulta terminou e eu já tinha em mãos minha receita médica com um certificado digital do médico. Em seguida, fui à farmácia. Lá informei o número do código da receita e eles ainda verificaram pelo QR Code para ver se estava tudo certo. 

Nem precisei imprimir nada. Na própria farmácia imprimiram duas vias, me entregaram uma e ficaram com a outra. Apresentei meu documento para confirmar a identidade e pronto. 

Se necessário, o médico pode receitar medicamentos na consulta por videoconferência

Fui para casa, tudo tranquilo. Lembro que ainda recebi uma mensagem do convênio perguntando como tinha sido. De modo geral, a experiência foi extremamente útil para mim. Economizou meu tempo, foi mais saudável (no sentido de que se eu fosse para o pronto atendimento, estaria me colocando em risco com outras doenças), achei ágil e objetiva”. 

Os benefícios da telemedicina

“Economia de tempo, dispensa o deslocamento para a consulta e possibilidade de falar com o médico em qualquer lugar foram os principais diferenciais para mim.

Talvez usasse até em situações mais críticas e em locais diferentes como um aeroporto, por exemplo. Bastaria ir para um lugar mais tranquilo para falar e o médico poder me examinar.

Além disso, também vi vantagem no que está relacionado à exposição. Quando a gente vai ao hospital ou ao pronto atendimento, estamos expostos a outras pessoas e outros casos. Me sinto mais seguro com a telemedicina.

Também sei que colegas que fizeram consultas assim e precisaram de exame não tiveram problemas. Então, mesmo nesses casos, a telemedicina facilita”.

Voltaria a usar?

“No começo da consulta, confesso que estava apreensivo, porque foi minha primeira vez usando esse método. Ainda estava nervoso quanto a saber como ia acontecer, se realmente me ajudaria. 

Mas o modo como o médico conduziu me deixou extremamente satisfeito. Tanto é que, em maio, precisei novamente de uma consulta e recorri à tecnologia. O processo foi idêntico. Recebi links e informações por WhatsApp e SMS, fui consultado e acessei a receita. Na época, era para um resfriado e funcionou. Meu quadro não se agravou em nada. 

Acredito que todo mundo fica um pouco nervoso inicialmente, porque você não sabe como vai ser, não sabe se a pessoa está te escutando direito…

Como pacientes, precisamos dar mais detalhes aos profissionais da saúde também, precisamos estar atentos para passar as informações com mais precisão. Mas minha experiência foi muito positiva. Até indiquei para minha irmã, que também realizou a consulta online, e para meus pais”. 

Para quem a telemedicina pode ser interessante

“Me adaptei ao sistema porque achei mais objetivo, as perguntas mais certeiras. Isso faz com que a gente faça uma reflexão maior sobre o caso e, talvez, até faça o médico prestar mais atenção aos sinais e sintomas.  

A telemedicina oferece conforto e agilidade no atendimento, facilitando o acesso ao médico

Para quem é resistente ou tem pouco tempo para ir ao médico presencialmente, a telemedicina é uma alternativa bem funcional. Para o meu pai, por exemplo, que é mais negligente com a saúde e não gosta de ir ao consultório, também deu certo.  

Pensando agora, se esse sistema continuar mesmo após a pandemia, certamente serei um usuário das consultas por videoconferência”.

A Sami é o plano de saúde com atenção primária e telemedicina

Surgimos para mostrar que é possível ter acesso a uma saúde mais justa, acessível e com foco no que realmente importa: o seu bem-estar e a sua qualidade de vida.

Cada membro da Sami tem acesso ao seu próprio Time de Saúde, com médico pessoal e equipe de enfermagem que conhecem você de verdade e que fazem o cuidado coordenado da sua saúde junto com você e os especialistas necessários. Aqui cuidamos da sua saúde, não da sua doença.

Nossa rede credenciada, os Parceiros Clínicos da Sami, incluem opções de hospitais, maternidades, clínicas e laboratórios de qualidade, como Beneficência Portuguesa, Hospital Oswaldo Cruz (unidade Vergueiro), maternidades Santa Joana e Santa Izildinha, laboratórios Labi, entre outros.

Por fim, sabemos que saúde é muito mais que a carteirinha do plano de saúde. Por isso, criamos a nossa Rede de Hábitos Saudáveis, com o aplicativo de academias e exercícios Gympass e outros benefícios exclusivos para a sua saúde mental e o seu bem-estar.

Tem interesse? Clique no botão abaixo e faça uma cotação. Nossos planos são para MEI e PJ a partir de 1 pessoa nas cidades de São Paulo, Guarulhos, Osasco, Taboão da Serra e no ABC, com preços a partir de R$ 172 por mês por pessoa.

Ei, RH! Quer economizar até30% no plano da sua empresa?

2 COMENTÁRIOS

    • Oi, Raimundo. Aqui na Sami, você tem o seu Time de Saúde, que é uma equipe que vai te olhar por inteiro, te entender como pessoa e otimizar seu tempo e cuidado, ajudando a te guiar pelas especialidades conforme necessário. O Time de Saúde atende presencialmente e também por teleconsulta, e nos dois casos é preciso agendar previamente.

      Sobre o pagamento, caso você contrate um dos planos da Sami, poderá optar pelo pagamento via boleto ou cartão de crédito. Se tiver alguma dúvida, você pode entrar em contato com um Consultor de Planos pelo telefone 3003-3996 ou Whatsapp no (11) 3003-3996.

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

Posts Recentes

IMC: entenda as faixas e o peso ideal

O Índice de Massa Corporal (IMC) é uma ferramenta utilizada na área da saúde para avaliar a relação entre peso e altura de uma pessoa e, assim, classificar seu estado nutricional em categorias.

Etarismo: o que é, impactos na vida do idoso e a importância da pirâmide etária

o etarismo se refere a estereótipos, preconceitos e discriminação direcionada às pessoas com base na idade que elas têm.

Pluralidade cultural: o papel do pluralismo nas empresas

A pluralidade é um tema importante nos dias atuais, onde as fronteiras entre as nações se tornam cada vez mais fluidas e o mundo cada vez mais globalizado.

O que é ambidestria organizacional e quais são os benefícios

A ambidestria organizacional é uma abordagem que tem como objetivo equilibrar-se em dois focos sem perder a eficiência de suas operações.

Mundo BANI: o que é e como ele impacta a sua empresa

O BANI é uma maneira mais assertiva de enquadrar e entender o estado do mundo atual. Ao contrário do que muitos pensam, o mundo BANI não surgiu após a pandemia da Covid-19.
Ei, RH!Já conhece o planode saúde com foco emretenção de talentos?
×